COMPORTAMENTO DE CONSUMO E MEIO AMBIENTE: UMA ANÁLISE ACERCA DO COMPORTAMENTO ECOLÓGICO DE COLABORADORES DE UM ÓRGÃO PÚBLICO DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Aline Franco de Oliveira, Maria de Fatima Bruno de Faria

Resumo


As práticas atuais de consumo têm gerado impactos negativos incalculáveis ao planeta.  O atual modelo de produção fabrica bens com ciclos de vida cada vez mais reduzidos objetivando atender prontamente consumidores com preferências extremamente voláteis, enquanto estes clientes compram de maneira exacerbada visando suprir suas lacunas emocionais e psicológicas. Diante da eminente necessidade de adequação dos hábitos de consumo a práticas mais sustentáveis, a presente pesquisa quantitativa teve como propósito central identificar o comportamento ecológico de colaboradores de um órgão público situado na cidade do Rio de Janeiro. Como método de pesquisa foi aplicado um survey em uma amostra de 33% dos servidores da referida instituição, com a utilização da Escala de Comportamento Ecológico em Ambiente Organizacional de autoria de Medina (2008). Os resultados evidenciaram que os sujeitos apresentaram comportamentos muitas vezes pró-ecológicos em situações voltadas à economia de água e energia elétrica, contudo quanto ao descarte de resíduos se mostraram ainda pouco engajados. Constatou-se, portanto, a necessidade de uma atuação mais efetiva da Organização na criação de condições que permitam aos seus membros exercerem o consumo mais responsável e a vivenciarem uma cultura organizacional voltada para a sustentabilidade.

Palavras-chave: Hiperconsumo. Consumo sustentável. Comportamento ecológico.


Texto completo:

PDF