GESTÃO DE RISCO E GOVERNANÇA CORPORATIVA NAS EMPRESAS BRASILEIRAS

Salete Turra, Taciana Rodrigues de Souza, Vania Regina Morás, Francisco Carlos Fernandes

Resumo


Resumo
O objetivo da pesquisa é analisar as diferenças e as similaridades entre os fatores na gestão de risco e na governança corporativa das empresas brasileiras de capital aberto do novo mercado. O acesso às informações foi por meio da Economática® e o período de análise compreende o ano de 2013. O estudo classifica-se como descritivo, documental e qualitativo e a amostra é as dez maiores empresas brasileiras de capital aberto listadas na BM&FBovespa, selecionadas a partir do montante da sua receita líquida de vendas. Desta amostra, excluíram-se as empresas financeiras e as seguradoras. O resultado indica que todas as empresas apresentam um gerenciamento dos riscos, porém cada uma gerencia de um modo particular. Há diferenças e similaridades quando se observam fatores como os tipos de riscos evidenciados, a frequência de reuniões, o tamanho do conselho de administração e fiscal, o conselho e membros independentes e as políticas de gestão dos riscos.
Palavras-chave: Gestão de risco. Governança Corporativa. Empresas Brasileiras.


Texto completo:

PDF