A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA PERCEPÇÃO DOS ALUNOS: VALIDAÇÃO DE UMA ESCALA EM CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

Dirceu da Silva, Sérgio Luiz do Amaral Moretti, Mauro Neves Garcia

Resumo


A rápida expansão da Educação a Distância, nova modalidade de ensino facilitada pelas inovações nas tecnologias de comunicação necessitam ser mais bem conhecidas para identificar potencialidades e riscos desta moderna e crescente opção pedagógica. Esta pesquisa tem como objetivo apresentar o teste de uma escala para avaliar a percepção da qualidade da modalidade Educação a Distância por universitários de um curso de administração em instituição privada de ensino superior em São Paulo. A amostra foi composta por 620 alunos e os dados foram analisados com o software LISREL 8.72, utilizando a modelagem de Equações Estruturais (SEM) com um construto exógeno sem medidas. Os resultados indicaram que três construtos se mostraram aderentes para se avaliar a percepção de qualidade (vantagens, diferenciais e flexibilidade) e outros dois foram eliminados (relacionamento e limitações). Dessa forma, apresenta-se uma escala validada e, um modelo, para avaliar a modalidade de Educação a Distância. Ela se constitui em uma alternativa concreta às propostas internacionais, pois enquanto estas focam os aspectos sistêmicos, o presente estudo mostrou um caminho relacionado aos aspectos da imagem e suas repercussões no âmbito do mercado. Estes resultados subsidiam os gestores de universidades públicas e privadas em seus esforços para tornar a Educação a Distância uma verdadeira opção para a expansão da educação superior no Brasil.

Palavras-chave: Avaliação de qualidade. Educação à distância. Construção de escala de atitude. Validação de escala. Curso de Administração de Empresas.


Texto completo:

PDF