“ABRAM-SE ÀS MULHERES TODAS AS PORTAS!”: CONVERSAS EM BLOGS DE MULHERES EM CARREIRA DE TI

Cintia Rodrigues de Oliveira Medeiros, Jacquelaine Florindo Borges

Resumo


Resumo
Com a emergência da nova economia, centrada, principalmente, nas tecnologias de informação (TI), o ambiente de trabalho passa por transformações sociais e organizacionais que resultam, respectivamente, em novas relações de trabalho e em ambientes organizacionais nos quais as competências e as habilidades requeridas não são as mesmas dos ambientes convencionais. A segregação ocupacional associa certos tipos de trabalho e atividades como específicas de mulheres ou de homens, criando estereótipos, o que não é diferente na área de TI. As diferenças de oportunidades entre os gêneros ainda são grandes, o que implica que os homens ocupam a maioria das posições de liderança no setor de TI (DEMETRIO, 2011). Neste artigo, nós analisamos se o sentido nas relações de gênero entre os profissionais de TI implica em transformação ou manutenção dos estereótipos femininos e masculinos presentes em modelos convencionais de organização. Para responder a essa questão, nós analisamos conversas em blogs que têm como foco “mulheres na carreira de TI”. Como resultados, mostramos os sentidos de gênero que reproduzem os estereótipos do trabalho feminino e masculino: a área de TI é de domínio masculino; as mulheres fazem a diferença na área de TI e o desinteresse feminino pela área de TI. 


Palavras-chave: Estereótipos de gênero. Blogs. Práticas discursivas.


Texto completo:

PDF