A IMPORTAÇÃO COMO FATOR DE DESINDUSTRIALIZAÇÃO DO SETOR CALÇADISTA BRASILEIRO

Jean Carlo Amann, José Carlos Lehn, Ernani Cesar de Freitas

Resumo


Este estudo tem o objetivo geral de analisar como as importações de calçados pelo Brasil têm afetado o desenvolvimento da indústria calçadista nacional. Nesse contexto, o problema central do estudo traduz-se na leitura dos impactos causados pela importação de calçados ao setor brasileiro a partir do ano de 2005, período em que o ingresso de itens estrangeiros passou a apresentar maior relevância à economia do país. São consideradas, para tanto, contextualizações quanto aos panoramas atuais da indústria de calçados em níveis nacional e mundial, às motivações para a importação de calçados, às consequências ocasionadas ao setor brasileiro pelas compras do exterior e como atuam as medidas de defesa comercial no segmento calçadista do Brasil. O presente estudo compreende uma revisão de bibliografia, analisando teorias da atividade importadora e das medidas de defesa comercial, que orienta as abordagens à indústria avaliada, com base, principalmente, em entrevista com o Presidente Executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). A partir das análises realizadas, os resultados da pesquisa apontam para a desindustrialização do ramo calçadista nacional, bem como uma forte tendência de aumento das importações de calçados pelas empresas brasileiras.

 

Palavras-chave: Indústria calçadista brasileira. Importação. Desindustrialização. Medidas de defesa comercial.


Texto completo:

PDF