SEGMENTAÇÃO DOS CONSUMIDORES DOS VINHOS DO VALE DO SÃO FRANCISCO: PROPOSTA DE UMA TIPOLOGIA DE PERFIS BASEADA EM VALORES PESSOAIS

André Luiz Maranhão de Souza Leão, Ricardo Sérgio Gomes Vieira, Brunno Fernandes da Silva Gaião

Resumo


O Vale do São Francisco tem surgido como um novo centro produtor de vinhos fi nos. É um caso único no mundo, por localizar-se além dos limites da fronteira produtiva de vinho. Entretanto, o Brasil não se encontra entre os grandes consumidores de vinho, o que pode ser entendido por não ter história na produção da bebida se comparado a outros países. Assumindo os valores pessoais como um dos principais critérios psicográficos da segmentação de mercado, o presente estudo de caso de caráter interpretativista se propõe a desenvolver uma tipologia dos perfis dos consumidores dos vinhos do Vale do São Francisco, baseada em valores pessoais. Para tal, realizamos entrevistas em profundidade com atores que participam como intermediários desta indústria, numa das três cidades mais representativas da cena enogastronômica nacional. Para a análise dos dados foi utilizada a análise de discurso funcional em duas etapas: codificação dos textos, gerando elementos e categorias referentes a aspectos e a valores de consumo; e análise das relações horizontais e verticais entre estes elementos. Com base nos achados, sugerimos uma tipologia dos consumidores do vinho do Vale do São Francisco:sequiosos, altivos e hedônicos. Contribuições para o conhecimento da área e para as vinícolas da região, bem como indicações para futuras pesquisas são consideradas.

Palavras-chave : Valores pessoais. Segmentação. Vale do São Francisco.

 


Texto completo:

PDF