VÍNCULOS ORGANIZACIONAUS ENTRE PROFESSORES E INSTITUIÇÕES MINEIRAS DE ENSINO SUPERIOR: UM ESTUDO DE CASO COMPARATIVO

Isabella de Oliveira Pereira Pádua, Luiz Carlos Honório

Resumo


Resumo
Esta pesquisa tem por objetivo analisar e comparar a configuração dos vínculos mantidos por professores do curso de Administração com duas instituições mineiras de ensino superior, uma pública e outra privada. Realizou-se um estudo de caso descritivo de abordagem quantitativa e qualitativa, cujo referencial teórico inspirou-se em estudos sobre vínculos realizados na Psicologia, Sociologia e Administração. Os dados foram levantados por meio do questionário, da entrevista semiestruturada e de uma técnica projetiva, sendo que o tratamento deles passou pela análise estatística (uni e bivariada) e de conteúdo. Nas duas instituições, o vínculo organizacional que prevaleceu foi o de sentimento de pertença. Diante dos relatos apresentados, observou-se que esse tipo de vínculo na instituição privada resulta de um canal aberto de comunicação existente entre professor-aluno-coordenação, ao passo que na instituição pública é decorrente da estabilidade profissional e da autonomia vivenciadas o exercício da função. De um modo geral, o tempo de atuação na instituição correlacionou-se com os vínculos referentes à autonomia, ao reconhecimento dos indivíduos, à participação nas decisões e ao  desenvolvimento profissional. O sexo e a escolaridade exibiram associações com a autonomia e a cooperação nas atividades, respectivamente, enquanto que o tempo de atuação como docente manifestou relação com o vínculo da idealização.


Palavras-chave: Vínculo organizacional. Atividade docente. Instituição de Ensino Superior.


Texto completo:

PDF