PARTICIPAÇÃO DOS CIDADÃOS EM AUDIÊNCIAS PÚBLICAS: ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO NA MOBILIZAÇÃO POPULAR

Diego Roger Ramos Freitas, Simone Cristina Dufloth, Cláudia Júlia Horta

Resumo


O estudo tem por objetivo analisar as estratégias de comunicação empregadas nas audiências públicas como instrumentos de mobilização popular que resultem em participação dos cidadãos. O trabalho envolveu pesquisa bibliográfica mediante estudos acerca da comunicação pública e mobilização social, enfocando as estratégias de comunicação de massa, segmentada e direta, e seus atores envolvidos. Além disso, utilizou-se pesquisa de campo com aplicação de questionários aos cidadãos presentes nas audiências públicas,
organizadas pela Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), no período de junho a dezembro de 2011; entrevistas semiestruturadas com líderes comunitários e sindicais; bem como observação direta mediante participação em audiências ocorridas no período analisado. Conclui-se com a pesquisa que, apesar de a divulgação feita pela CMBH ser relativamente uniforme, através de veiculação de nota no site institucional e do disparo de release para imprensa, o número de cidadãos presentes nas audiências é bastante variado. Os resultados trouxeram evidência empírica de que isso deve ser resultado sobretudo do nível de mobilização dos participantes envolvidos. Verificou-se que, em grupos mobilizados, o emprego de estratégia de comunicação direta, normalmente pessoal e exercida pelos reeditores sociais (como  líderes comunitários e sindicais), é o que tem maior capacidade de mobilizar cidadãos para participaçãoefetiva nas audiências públicas.


Palavras-chave: Comunicação Direta. Mobilização. Audiência Pública.


Texto completo:

PDF