A INFLUÊNCIA DOS TRAÇOS DA CULTURA BRASILEIRA NO PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO DAS FRANQUIAS NACIONAIS

Felipe Mendes Borini, Milena Gonçalves de Britto Souza, Stephanie Costa Ferreira Biskamp, Fabiana Cristina Coelho, Anjeéri Luiz Sadzinski

Resumo


O presente artigo tem como principal objetivo analisar a influência dos traços da cultura brasileira no processo de internacionalização das franquias nacionais, traçando um elo entre a trípede: franchising, internacionalização de franquias e traços da cultura brasileira. Especificamente, o artigo procura investigar os traços da cultura brasileira no processo de internacionalização das franquias nacionais, concomitantemente ao dilema da padronização vs. adaptação. Para alcançar o objetivo proposto foi usada a metodologia qualitativa baseada em dados de entrevistas em profundidade com seis franquias brasileiras internacionalizadas. Esses dados foram analisados por meio de análise de conteúdo. A partir desses dados, foi possível concluir que a hierarquia e o formalismo são, efetivamente, os traços que exercem maior influência no processo de internacionalização das franquias nacionais. Por sua vez, o jeitinho, personalismo e fatalismo não mostraram influência no processo de internacionalização.

Palavras-chave: Internacionalização. Franquias. Traços da cultura brasileira.

 


Texto completo:

PDF