O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR EM RELAÇÃO AO COMÉRCIO ELETRÔNICO: ESTUDO PELO PRISMA DA ABORDAGEM COGNITIVA

Silvia Vaccari Marquez, Jaiane Ventorini, Márcia Zampieri Grohmann, Luciana Flores Battistella

Resumo


Resumo

O Brasil, apesar do grande número de pessoas com acesso à internet, ainda possui um númeroreduzido de consumidores on-line. Assim, o objetivo geral do trabalho é compreender ocomportamento do consumidor em relação ao comércio eletrônico e a infl uência do conhecimentotecnológico (abordagem cognitiva) neste comportamento. Para tanto, foram defi nidosos seguintes objetivos secundários: identifi car qual a aceitação do comércio eletrônico entreos universitários; mensurar seu nível de satisfação com o comércio eletrônico; verifi car o impactodo perfi l dos respondentes no nível de aceitação do comércio eletrônico; comparar sea variável utilizada como fi ltro da abordagem cognitiva (centro de ensino) possui maior impactodo que as demais variáveis demográfi cas e o hábito de compra. O estudo utilizou omodelo de Gupta e Kim (2010) com dois públicos de estudantes universitários: do Centrode Tecnologia (especialistas) e do Centro de Ciências Rurais (não especialistas). Através depesquisa descritiva e quantitativa, com 197 respondentes, foram encontrados os seguintesresultados: o nível de aceitação do comércio eletrônico foi de moderado para bom; a satisfaçãodos universitários com o comércio eletrônico foi adequada e a infl uência nas variáveisdo modelo foi de 12,5% para o gênero, 29,2% para a idade, 50% para o hábito de compra e70,86% para o centro de ensino. Desta forma, comprovou-se que o conhecimento tecnológicofoi o fator mais importante nas diferenças de percepções dos entrevistados, reforçando,assim, a importância de mais estudos pelo prisma da abordagem cognitiva. Além disso, concluiu-se que estratégias mercadológicas de comércio eletrônico devem ter, num primeiromomento, como foco pessoas que conhecem tecnologia, sendo este um importante nicho demercado para o setor do comércio eletrônico.

 

Palavras-chave: Comércio eletrônico. Aceitação. Satisfação


Texto completo:

PDF