O ESTUDO DA CONFIANÇA, VALOR PERCEBIDO E LEALDADE DO SEGMENTO FARMACÊUTICO BRASILEIRO

Hamilton Luis Kleinowski

Resumo


O marketing de relacionamento tem sido uma área de grande interesse para os pesquisadores e profissionais de marketing. Nesse contexto afloram as questões relacionadas à formação da lealdade, especialmente quanto à importância da confiança e do valor na formação de uma base de clientes leais. Apesar de existir uma série de estudos sobre o tema, pouco foi estudado a respeito da formação da lealdade no ambiente farmacêutico nacional, apesar de sua relevante participação na economia brasileira. Assim, o presente estudo tem como principal objetivo apresentar as principais descobertas envolvendo os construtos confiança, valor e lealdade no segmento farmacêutico nacional. Como método de pesquisa, realizou-se uma busca bibliográfica nas principais fontes de artigos e publicações, como nas revistas RAC, RAE, RAUSP e REAd, nos Encontros de Administração e de Marketing da Anpad, bem como nas bibliotecas virtuais de universidades nacionais. Entre os principais resultados, destaca-se o bom nível de confiança que os consumidores têm nas farmácias e drogarias, bem como a confiança que os médicos depositam nos chamados representantes da indústria. Percebe-se ainda a importância que a indústria farmacêutica dá para a formação de lealdade do cliente médico, por agir como intermediador entre o laboratório e o consumidor final.

 

Palavras-chave: lealdade. Confiança. Farmacêutico.


Texto completo:

PDF